VOCÊ NAO POSSUI O FLASH PLAYER

 Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba nosso informativo.

Remover e-mail

 Podcasting

A Divina Providência
As duas vontades de Cristo
.

» Organização Paroquial » Pastorais » Pastoral Catequética

Diretório Paroquial de Catequese

Prelazia de Cristalândia – Paróquia São José Operário


Catequese Paroquial – "A Serviço da Vida e da Esperança!"


 

Objetivo:

“A finalidade definitiva da catequese é de fazer com que alguém se ponha, não apenas em contato, mas em comunhão, em intimidade com Jesus Cristo” (Catechesi tradendade 5). É, portanto, finalidade da catequese anunciar Jesus Cristo e levar o catequizando a conhecer, celebrar e comungar o Mistério da Santíssima Trindade. Pai, Filho e Espírito Santo (dimensão trinitária). Esta comunhão com Deus deverá leva-lo à comunhão com a Igreja, Corpo de Cristo, e com os irmãos que professam a mesma fé (dimensão eclesial).


Missão da Catequese:

A missão da Catequese corresponde à educação da fé como uma formação integral. Por causa de sua própria dinâmica interna, a fé precisa ser conhecida, celebrada, vivida e traduzida em oração. Como ela deve ser vivida em comunidade e anunciada em missão, ela precisa ser compartilhada e anunciada. Daí, temos quatro dimensões fundamentais da missão da catequese e duas dimensões complementares:

1. Favorecer o conhecimento da fé: trata-se de conhecer os conteúdos da fé, pois é uma exigência para livre adesão. A catequese introduz o discípulo de Jesus no conhecimento da Tradição e da Escritura, das fórmulas de fé, particularmente do Credo Apostólico. As fórmulas doutrinais também ajudam no aprofundamento do mistério cristão: é a dimensão doutrinal da catequese.
2. Educação Litúrgica: Cristo está sempre presente em sua Igreja, sobretudo nas ações litúrgicas. A Igreja celebra a presença salvífica nos sacramentos, particularmente a Eucaristia. É tarefa da catequese introduzir no significado e participação dos mistérios (sacramentos), das celebrações, dos sinais, dos símbolos, dos ritos, das orações e outras formas litúrgicas. Além do mais, a Liturgia, por sua própria natureza, possui uma dimensão catequética: na medida que vive e experimenta a celebração, o catequizando vai mergulhando mais profundamente no mistério cristão.
3. Formação Moral: ser discípulo é caminhar nas pegadas do Mestre. A catequese tem como missão importante a transmissão das atitudes de Jesus como modelo de nosso comportamento. As bem-aventuranças e os dez mandamentos, lidos e praticados à luz do Evangelho, são o conteúdo essencial para as atitudes cristãs. A catequese precisa se preocupar também com as conseqüências sociais das exigências evangélicas.
4. Ensinar a rezar: aprender a rezar com Jesus é rezar com os mesmos sentimentos e disposições com as quais Jesus se dirigia ao Pai: adoração, louvor, agradecimento, confiança, súplica, contemplação. O Pai-Nosso é o modelo de toda oração cristã. O aprendizado da vida cristã atinge sua maior profundidade quando é permeado com o clima de oração. Se a catequese se deduz a um estudo ou reflexão doutrinal sem este clima de oração, torna-se estéril e infrutífera. A oração se faz mais necessária quando os aspectos mais exigentes do Evangelho pesam na caminhada cristã.
5. Educação para a vida comunitária: se a fé pode ser vivida em plenitude somente dentro da comunidade, é necessário que a catequese cuide com carinho dessa dimensão. O Evangelho de Mateus, essencialmente comunitário, ensina algumas destas atitudes que a catequese deve inculcar: simplicidade e humildade, solicitude pelos pequenos, atenção pelos que erram e se afastam, a correção fraterna, a oração em comum, o amor fraterno que tudo unifica. Faz parte desta educação para a comunidade, a atenção ao ecumenismo e atitudes de diálogo.
6. Educação para a missão: todo o verdadeiro discípulo de Jesus se transforma em missionário do Reino. Daí a importância da iniciação à missão da descoberta da própria vocação dentro da Igreja.

Ação Catequética Paroquial: 

Ação Catequética regionalizada: Ministrar a catequese a partir da realidade do catequizando, seja sua realidade urbana (centro e periferia) e rural.

Compromisso Eclesial:

 Promover o engajamento do catequizando na vida de sua comunidade.



Formação Permanente das(os) Catequistas:

Conscientizar que ser catequista é uma vocação, um chamado de Deus.
Cultivar uma espiritualidade própria do catequista.
Formar uma sólida consciência cristã-católica, baseada na Sagrada Escritura, na Tradição e no Magistério (documentos da Igreja)
Valorizar as celebrações dos sacramentos, solenizando cada ação litúrgica como um momento de evangelização para toda a comunidade.
Conscientizar que a Catequese Paroquial compreende a preparação para os Sacramentos de Iniciação Cristã (Batismo, Eucaristia e Crisma), criando a integração de todos os catequistas juntamente com a coordenação catequética paroquial.
Criar grupos de perseverança para os catequizandos após a celebração da primeira Eucaristia.

“Vocês são o sal da terra. Vocês são a luz do mundo.” (cf. Mt 5, 13-14)



Paraíso do Tocantins-TO
Março de 2004

27/06/2008
 

Cavalgada São José Operário
Convidamos para Participar e Assistir Sabado apartir das 14:00h Cavalgada em louvor a São José, patrono dos tropeiros e cavaleiros (Concentração no Parque de Exposição Agropecuária, percorrendo as ruas da cidade até a matriz de São José Operário) ... [+]